quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

FRUTA CEREJA

Pessoal, vi essa matéria no site de outra nutri! Olha q legal...


Pra quem gosta de frutinhas diferentes chegaram nos mercados as cerejas. Geralmente são importadas do Chile, daí o preço mais caro. Mesmo assim, se tiver a oportunidade de experimentá-las seguem os benefícios:
- Contém poucas calorias: 138 gramas fornecem 87kcal;
- Como outras frutas apresenta 0g de gordura saturada, gordura trans e colesterol;
- Contém 27g de carboidratos complexos, o que mantém a carga glicêmica da fruta baixinha (CG=7). Isto significa que os açúcares da fruta serão absorvidos de forma bem lenta mantendo a glicemia constante, diminuindo a inflamação e controlando a fome;
- É rica em vitamina C.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Contaminação por mercurio


Pessoal, vi essa materia na Super interessante, falando desse estudo que mostrou que ingerir pequenas doses de mercúrio faz os íbis (esses carinhas simpáticos aí na foto) machos preferirem copular entre si do que com as fêmeas.
Já era fato conhecido que algumas substâncias químicas são capazes de “feminilizar” os machos, fazendo-os adotar comportamentos típicos das fêmeas, ou mesmo de reduzir sua fertilidade – mas até então os afetados ainda preferiam o sexo oposto.
Cientistas da Universidade da Flórida, nos EUA, e da Universidade de Peradeniya, no Sri Lanka, responsáveis pelo estudo, dizem que é a primeira vez que um poluente é visto afetando diretamente a orientação sexual dos animais.
Para testar esse efeito, os pesquisadores observaram o comportamento de 160 íbis brancos, divididos por eles em quatro grupos: um deles recebeu comida normal; os outros três, alimentos com diferentes doses de mercúrio. E foram desses três grupos que saíram “significativamente” mais machos homossexuais: eles se paqueraram, construíram ninhos juntinhos e fizeram companhia uns para os outros por várias semanas. (Só não se reproduziram, é claro.)
E quanto maior a quantidade de mercúrio administrada, maior o efeito: 55% dos machos do grupo que recebeu a maior dose foram afetados.
É até bonitinho, mas as consequências disso para a natureza (lembrando que os animais selvagens muitas vezes entram em contato com poluição e resíduos industriais que têm o potencial de conter mercúrio) podem ser bem graves – e até levar à extinção das aves. Do total de ninhos de íbis não-produtivos – os que não renderam filhotes – observados, 81% pertencia a casais gays. E a coisa fica mais séria: apesar de nem todos os que entram em contato com o mercúrio experimentarem o outro lado, mesmo os pássaros que se mantiveram heterossexuais durante o estudo “esfriaram”: eles passaram a demonstrar menos interesses nas fêmeas e, pasmem, se tornaram pais negligentes quando a cópula rendia.
Se isso é só com o íbis? Outros pássaros provavelmente seriam afetados da mesma maneira, dizem os cientistas. Mas e outros animais? E nós, humanos? Aí ninguém sabe responder com absoluta certeza. Mas eles lembram que não há qualquer evidência de que o mercúrio leve à homossexualidade nos humanos – e vários estudos já tocaram nesse tópico. Ao menos não de forma tão “significativa”. “Se o efeito fosse tão forte nos humanos quanto nos íbis, alguém já teria descoberto“, diz o líder da pesquisa, Peter Frederick, da Universidade da Flórida.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Quer pagar quanto?

Já imaginou comer num restaurante e decidir quanto irá pagar por aquela refeição???
É exatamente essa a proposta do do restaurante Panera´s, de St. Louis, nos EUA.
"Nós recomendamos um preço para cada refeição, mas você decide quanto quer pagar", diz a garçonete. Trata-se de uma experiência - a Panera’s é uma rede de 1 400 restaurantes e está fazendo essa experiência em uma das unidades. Por enquanto, está empatando: 65% dos clientes pagam o preço de tabela. O resto fica dividido entre quem paga mais e menos. Mas, se a filial de St. Louis começar a dar mais dinheiro que as outras, a moda vai pegar.

Incentivo ao Cosumo de Frutas, Legumes e Verduras.

Olá, 
Olha que interessante esse vídeo sobre o incentivo de Frutas, Legumes e Verduras. Quando falamos com crianças é muito difícil conscientizar para o problema. Tudo fica mais fácil quando explicamos brincando.

Rotulagem das Embalagens

Olá Pessoal,
Olhando no site da ANVISA, achei esse material de rotulagem de embalagens, achei bem interessante de postar aqui.
E você? Sabe ler a embalagem de um produto?



Lista de Ingredientes
Informa os ingredientes que compõem o produto. A leitura dessa informação é importante porque o consumidor pode identificar a presença de termos, como açúcar, sacarose, glicose, ou outros tipos de açúcar, como a dextrose.

Obs 1: Alimentos de ingredientes únicos como açúcar, café, farinha de mandioca, leite, vinagre não precisam apresentar lista de ingredientes.
Obs 2: A lista de ingredientes deve estar em ordem decrescente, isto é, o primeiro ingrediente é aquele que está em maior quantidade no produto e o último, em menor quantidade.


Origem
Informação que permite que o consumidor saiba quem é o fabricante do produto e onde ele foi fabricado. São informações importantes para o consumidor saber qual a procedência do produto e entrar em contato com o fabricante se for necessário.



Prazo de Validade
Os produtos devem apresentar pelo menos o dia e o mês quando o prazo de validade for inferior a três meses; o mês e o ano para produtos que tenham prazo de validade superior a três meses. Se o mês de vencimento for dezembro, basta indicar o ano, com a  expressão “fim de...... “ (ano).



Conteúdo Líquido
Indica a quantidade total de produto contido na embalagem. O valor deve ser expresso em unidade de massa (quilo) ou volume (litro).



Lote
É um número que faz parte do controle na produção. Caso haja algum problema, o produto pode ser  recolhido ou analisado pelo lote ao qual pertence.

CARALLUMA FIMBRIATA

Olá Pessoal, 
A ANVISA publicou no Diário Oficial da União portaria que proibe a comercialização, importação, fabricação e venda da Caralluma Fimbriata. A erva originária da Índia tem a fama de moderador do apetite. Porém não faz milagre sozinha, é importante controle alimentar e atividade física para o emagrecimento saudável. A alegação da Anvisa para a retirada do fitoterápico do mercado é a ausência de pesquisas conclusivas na área. Vejam:

RESOLUÇÃO - RE No- 5.915, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2010
A Diretora da Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, nomeada pelo Decreto de 25 de março de 2009, do Presidente da República, no uso das atribuições que lhe conferem o art. 12, do Decreto nº. 3.029/1999, c/c arts. 15 e 55, I, § 1º, do Anexo I, da Portaria nº. 354, de 11 de agosto de 2006, republicada em 21 de agosto de 2006 e, ainda, a Portaria nº 1.256 da ANVISA, de 14 de setembro de 2010,considerando o art. 5º da RDC nº 204, de 14 de novembro de 2006; considerando que a CARALLUMA FIMBRIATA não teve
sua eficácia terapêutica e segurança avaliadas por esta Agência; considerando o art. 7º da Lei nº 6.360, de 23 de setembro de 1976, resolve:
Art. 1º Determinar, como medida de interesse sanitário, a suspensão da importação, fabricação, distribuição, manipulação, comércio e uso, em todo o território nacional, do insumo CARALLUMA FIMBRIATA e de todos os produtos que contenham referido
insumo.
Art. 2º. Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Café da Manhã da Clinica

Olá Pessoal,
Nessa semana vamos servir na clinica café da manhã para nossos queridos pacientes e alunos.
Como não dá pra ser tudo light e rico em fibras, resolvi fazer o Bolo de Milho com Coco sem Glúten e sem Leite para os clientes degustarem. Fiquei muito feliz, pois TODOS gostaram!



domingo, 19 de dezembro de 2010

Olá Pessoal, 

Vi essa matéria na Superinteressante. Sei que não é relacionado com alimentação ou nutrição, mas me facina os trabalhos de sustentabilidade, ecologicos, preocupados com o meio ambiente.

 

A ilha de lixo

O mar está cada vez mais poluído. Mas um projeto quer transformar sujeira em moradia

por Lorena Verli
No meio do oceano Pacífico, fica o maior lixão do mundo - são 4 milhões de toneladas de garrafas e embalagens, que foram empurradas para lá pelas correntes marítimas e formam um amontoado de 700 mil km2 (duas vezes o estado de São Paulo). Um desastre - mas que pode virar uma coisa boa. Uma empresa da Holanda quer coletar todo esse plástico e reciclá-lo para fazer uma ilha artificial, de aproximadamente 10 mil km2 (equivalente a uma cidade como Manaus) e capacidade para 500 mil habitantes. Ela teria casas, lojas, praias, áreas de lazer e plantações - tudo apoiado numa base de plástico flutuante. Seus criadores acreditam que a ilha possa se tornar autossuficiente, produzindo a própria comida e energia. "Queremos levar o mínimo de coisas para a ilha. A principio, tudo será feito com o lixo que encontrarmos na área", diz o arquiteto Ramon Knoester. A cidade flutuante seria cortada por canais, para que as correntes oceânicas pudessem passar livremente (sem ameaçar a estabilidade da ilha).

O projeto já recebeu o apoio do governo holandês, mas não tem data para começar - ninguém sabe quanto a obra custaria, nem se é viável. "A ilha não é economicamente rentável. Nós a vemos apenas como uma maneira de limpar a poluição causada pelo ser humano", diz Knoester. Enquanto isso não acontece, toda a matéria-prima que seria usada nesse em-preendimento continua boiando.
Lixão flutuante
Como é e onde fica a supermancha de lixo.
Onde: Oceano Pacífico.
O que tem: 4 milhões de toneladas de plástico
Origem: 80% vêm dos continentes; 20% são jogados por navios.
Vi aqui

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Mandioca ou Inhame?

 Olá Pessoal,
Achei interessante essa materia da SAUDE que compara a mandioca com o inhame. Apesar do inhame ser bem melhor para a saúde, nosso hábito é de comer a mandioca. 
 

Fique por dentro dos nutrientes presentes nesses tubérculos

1 Silhueta esbeltaAbusar das calorias, você já deve saber, significa inflar pneus em locais inoportunos. Se a ideia é manter o corpo elegante, vá de inhame.

Inhame .................... 116 calorias
Mandioca .................125 calorias

2 Músculos em forma
Nenhum dos concorrentes é, digamos, rico em proteínas, o nutriente que preserva os tecidos do corpo. Mas, na dúvida, a melhor opção é o inhame.

Inhame ..............................1,5 g
Mandioca ..........................0,6 g

3 Para afastar o cansaço
Escolha o inhame. Ele fornece mais fósforo, que comprovadamente melhora a resistência e diminui a sensação de fadiga.

Inhame ............................49 mg
Mandioca ........................22 mg

4 Energia pura
O carboidrato dá aquele ânimo para enfrentar a correria do cotidiano. Nesse quesito, quem se dá melhor é a mandioca.

Mandioca ........................30,1 g
Inhame ............................27,6 g

5 Xô, anemia! A ausência de ferro é a principal causa da diminuição dos níveis de glóbulos vermelhos no sangue — quadro que leva à anemia. Prefira o inhame, que carrega pitadas a mais do mineral.

Inhame .........................0,52 mg
Mandioca .......................0,1 mg

6 Ajuda vitaminada Além de participar da produção de anticorpos, a vitamina C facilita a absorção do cobre e do ferro. Por pouco, o inhame mais uma vez leva a melhor.

Inhame .........................12,1 mg
Mandioca .....................11,1 mg

7 Combustível celular
Apesar de não ser tão badalado como outros nutrientes, o cobre acumula funções importantes. Uma delas é a formação das moléculas de ATP, que fornecem energia para a sobrevivência das células. Outro ponto para o inhame.

Inhame .........................0,15 mg
Mandioca .....................0,01 mg

As quantidades comparadas correspondem a 100 gramas, o equivalente a 3 colheres de sopa de cada alimento cozido
PLACAR SAÚDE!Inhame - 6
Mandioca - 1

Depois dessa comparação, dá para comer mais inhame?????

domingo, 12 de dezembro de 2010

Domingo é dia de: CAMINHAR


Olá Pessoal,
Nada melhor que uma bela caminhada no domingo cedo!
Além de ser um exercicio fácil e prazeiroso, ela ajuda a eliminar as calorias do final de semana.
PS: não se esqueçam do protetor! O SOL está de MATAR!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

CRIANÇA CONHECE OS ALIMENTOS?

Olá Pessoal,
Vi esse vídeo infelizmente é em inglês, também. Mas para resumir, o Jamie pergunta para as crianças qual o nome dos vegetais que ele segura... adivinhem só.... as crianças não adivinham NENHUM!!!!
A educação alimentar é iniciada em casa... se a mãe não oferece em alguma refeição dificilmente a criança vai saber o que é ou mesmo comer quando for ofertado!
Olha que missão que mães e pais tem... não é brincadeira não!
Abraços a todos!

A fé pode curar????

Pessoal,
Sou católica e ADOREI esse estudo:


 A recuperação de pacientes com câncer está diretamente ligada à sua religiosidade é o que diz um estudo feito na Universidade de São Paulo.  Segundo o estudo os pacientes que têm uma crença religiosa se mostram mais confiantes para lutar contra a doença.

No estudo foram utilizados doze voluntários e onze especialistas em oncologia do Hospital Beneficência Portuguesa em Ribeiro Preto. Os médicos constataram que as pessoas com fé têm o sistema imunológico mais resistente.

Bom se a fé pode curar um câncer, imagina o que ela não faz no nosso dia a dia!
E você, vai arranjar um tempinho para Deus?

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

A verdade sobre o MC Donalds

Olá Pessoal
Achei esse vídeo na Internet. Infelizmente só tinha em inglês. Mas para bom entendedor, meia palavra basta.
No filme ele compra vários lanches do Mc Donalds: Big Mac, Mac Chicken, Mc Fish, Quarteirão, Mc Fritas e um Hamburger caseiro (de um local na rua) e Fritas de um local caseiro. Ele coloca tudo em potes e vê como aquilo reage com o passar dos dias. 
No ambiente tem bactérias que vão deteriorar os lanches e as fritas. Quanto mais tempo o lanche durar, mas conservantes ele tem.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Tomar leite de vaca é saudável???????

Sim, o leite é o "alimento perfeito" da mãe natureza... para um bezerro, que nasce com 35 kg, de uma mãe com 200 kg, até que seja desmamado!
Tudo o que você sabe sobre leite de vaca e laticínios é, provavelmente, parte de condicionamentos culturais e MITO da indústria leiteira. O leite de vaca é um fluido insalubre de animais, na maioria das vezes, doentes que contém uma gama ampla de substâncias perigosas e causadoras de alergias, intoxicações e doenças, com efeito prejudicial e cumulativo sobre todos os humanos que o consomem.
TODO leite de vaca contém 59 hormônios ativos, vários alergenos, gordura saturada e colesterol. A maior parte do leite de vaca contém quantidades mensuráveis de herbicidas, pesticidas, dioxinas (até 2.200 vezes o nível aceitável), até 52 antibióticos, sangue, pus, fezes, bactérias e vírus. 
O leite de cada um dos mais de 4.700 mamíferos da face da terra é formulado especificamente para a sua espécie. Neles encontramos lactoferrinas e imunoglobulinas, agentes imunizantes específicos de cada animal, que funcionam como alergenos para seres humanos.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Domingo é dia de: NADAR



Pessoal,
Nada mais gostoso que resfriar o corpinho com um banho de piscina.
E ai já aproveito para dizer que é uma excelente atividade para quem tem problemas com joelho. Não tem impacto algum.

Ah e ainda aproveitamos para queimar algumas calorias:
Nadar Crawl => 255 calorias
Nadar de costas =>250 calorias
Nadar Borboleta =>280 caloris
Nadar Peito =>260 calorias


PS: não levem tanto a sério essa tabela de calorias, pois ela depende do seu peso, sexo, entre outros!

Abraços.
 

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

SUCO VERDE

Pessoal,
Esses dias eu fiz um suco verde de noite e tirei uma fotinho para vocês. 



Receita
- 1 manga (eu usei uma manga média, mas ai depende se você gosta de suco grosso ou mais ralo, eu gosto de mais ralo)
- 200ml de água de coco (eu uso a natural mesmo)
- 1 folha de couve
Modo de preparo: Bata tudo no liquidificador, coe e pronto.
Eu não uso nada para adoçar, nem adoçante nem açúcar. Para evitar o uso de adoçante e açúcar precisamos sempre se usar frutas mais docinha.... nesse suco em questão tanto a água de coco como a manga são bem doces... fica DIVINO!!

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Cientistas recuperam memória de ratos com Alzheimer

Pessoal, desde quinta-feira que não coloco nada por aqui... mas esse post é bem especial... é um passo para a cura dessa doença que entristece muitas famílias.... O ALZHEIMER!
Uma pesquisa americana publicada na mais recente edição da revista Nature apresenta mais um avanço no combate ao Alzheimer. Segundo pesquisadores do Instituto Gladstone de Doenças Neurológicas, de São Francisco, uma terapia genética testada em ratos teve o efeito de recuperar a memória – principal vítima da doença.
Uma das características comuns às vítimas de Alzheimer é o acúmulo de uma proteína tóxica chamada amiloide, que causa a morte de células cerebrais. Porém, os pesquisadores envolvidos no estudo descobriram que essa proteína tem forte tendência a se “ligar” a um neurotransmissor chamado EphB2 e deixar as células cerebrais livres de seus efeitos.
A terapia genética desenvolvida nos ratos de laboratório alterou a produção de EphB2 nos animais. Quando sua quantidade no sangue era reduzida, os ratos apresentavam perda de memória similar às vítimas de Alzheimer. Quando sua produção era estimulada, porém, os sintomas eram reduzidos ou desapareciam.
 Para os estudiosos, isso indica que a substância teria o poder de estimular a comunicação entre as células cerebrais, uma vez que se combina com a proteína tóxica e a impede de interferir nesse processo.
A descoberta dá um passo para entender o Alzheimer, mas especialistas britânicos afirmam que ela ainda está longe de ser uma cura definitiva. "Nossos cérebros são extremamente complexos e entender como eles funcionam e são danificados pelo Alzheimer é uma tarefa gigantesca”, diz Rebecca Wood, chefe-executiva da organização Alzheimer's Research Trust. “Esta pesquisa acrescenta uma peça ao quebra-cabeça da doença e fornece novas pistas para os investigadores. Mas nós ainda não sabemos se esses resultados conduzirão a um tratamento para Alzheimer – o que está um pouco distante."
 
Alzheimer — A doença progressiva provoca a perda da memória e suas causas exatas ainda são desconhecidas. Ela acomete principalmente os idosos e não existe, até hoje, uma cura comprovada. Pelo menos1,2 milhão de pessoas têm Alzheimer no Brasil.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

BETACAROTENO E VIDA LONGA!

 
De acordo com o artigo publicado no Archives of Internal Medicine em Novembro de 2010, altos níveis sanguíneos de alfa-caroteno é associado com diminuição de risco de vida.

O estudo segere que o consumo aumentado de frutas e vegetais, que produzem alfa-caroteno e carotenoides, pode ser uma estratégia efetiva para reduzir a chance de morte prematura.

Carotenoides são antioxidantes encontrados em vegetais amarelos-alaranjados e verdes escuros.
Para ver a materia inteira, clic no link

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

PÃO DE MILHO SEM GLÚTEN.

Olá Pessoal,
Bom dia!
Ontem fiz um pão sem glúten. Nas minhas tentativas de pão sem gluten, foi a que deu mais certo.
Eu dei para as minhas sócias: Ana Gabriela e Manú experimentarem, mas elas não gostaram muito.
Mas quem já comeu pão sem glúten, sabe que é dificil de ser um pão bom!
Minha mãe que já experimentou pães sem glúten, APROVOU! :)
Sinceremente, esse eu achei MUIIITO bom!
Segue a receita e as fotos!


PÃO DE MILHO SEM GLÚTEN

Ingredientes

- 1 xícara (chá) de milho verde (150 g) - Eu usei o milho da espiga mesmo!
- 1 xícara (chá) de água morna
- 1 sachê de fermento biológico (20 g) - Eu comprei um sache que vinha 10g, e usei só ele mesmo
- 1 colher (café) de sal - Eu usei 1 col de chá de sal rosa do Himalaia (pq é menos salgado)
- 2 colheres (sopa) de açúcar (20 g)
- 2 colheres (sopa) de óleo de milho (16g) - Usei o óleo de canola
- 1 ovo
- 2 col (sopa) de amido de milho (32g)
- 2 ½ xíc (chá) de farinha de arroz (120g) - usei 1 copo da farinha de arroz integral e o resto da normal
- Eu acrescentei 2 col de sopa de semente de girassol sem casca.


Modo de preparo: 01. Bater no liquidificador o milho e água morna e depois coar. 02. Despejar esta mistura coada em uma tigela e acrescentar fermento, sal, açúcar, óleo e o ovo. Misturar bem. 03. Juntar o amido de milho e a farinha de arroz. 04. Despejar em uma fôrma untada e enfarinhada (eu usei papel manteiga) e levar para assar no forno pré-aquecido a 180 ºC por 30 minutos.
Rendimento: 9 pedaços de 70 g.





terça-feira, 23 de novembro de 2010

MAIS TROCAS

 Trocar doces açucarados por compotas de frutas.

 Trocas chips por castanhas sem sem sal
 Trocas cebolas, alface por cebola roxa e alface roxa (elas tem mais antioxidantes)
 Trocar cereais açucarados por aveia, quinua em flocos ou amaranto em flocos sem açúcar
 O molho branco tem muito mais gordura e calorias que o vermelho. E ainda por cima o molho vermelho tem LICOPENO que é um antioxidante!
 Retirar a pele do frango
 Pedir pizza com verduras...



 Trocar camarão que é cheio de colesterol por salmon que é rico em OMEGA 3
Trocar queijo por TOFU!

TROCAS SAUDÁVEIS

Bom dia,
Gostei dessa matéria que eu vi no blog panelinha


Vamos nos aproximando do fim do ano e resolvi listar algumas idéias de pequenas alterações que podem melhorar bastante a sua alimentação. Assim, em 31 de dezembro a sua lista de resoluções ano-novo estará antecipada nas questões ligadas a nutrição, e você poderá concentrar-se em outros aspectos com mais saúde e mais disposição.

1 – Troque o leite de caixinha ou em pó pelo fresco, de preferência do tipo A

Você já vai ao supermercado. Já compra leite. Trocar os leites de caixinha ou em pó por um leite fresco pasteurizado requer apenas uma passada pelo setor de refrigerados. É verdade que o leite tipo A precisa ser conservado em geladeira e tem prazo de validade curto. Mas ele tem ordenha mecanizada e sai todo do mesmo rebanho, da mesma fazenda, diretamente para a pasteurização. Tem também uma quantidade menor de bactérias aceitas pela legislação. Coliformes fecais inclusive. E, não, ele não é mais gorduroso. A quantidade de gordura é a mesma dos outros leites. De todo modo, vale ressaltar que leite tipo A também pode ser encontrado nas versões integral (tampa azul), semidesnatado (tampa vermelha) e desnatado (tampa amarela).

2 – Compre ovos caipiras


As aves de granja ficam confinadas em ambientes iluminados 24 horas por dia, são artificialmente induzidas a produzir mais ovos. Já as galinhas caipiras são criadas soltas, podem ciscar e isso representa mais do que bons tratos aos animais. Alguns estudos indicam uma concentração de 3 a 4 vezes maior de vitamina A e carotenos (como zeaxantina e luteína) nos ovos caipiras. Esses nutrientes protegem o cérebro, ajudam a prevenir catarata e degeneração macular. O ovo também tem nutrientes que favorecem a concentração e a memória.

3 – Troque o pão branco pelo pão integral

Pão integral é carboidrato complexo. Ele dá energia, bom humor, bem-estar e saciedade. Ao trocar o pão branco pelo integral, você ganha em fibras, vitaminas e minerais. Mas não basta estar escrito integral ou com grãos na embalagem! Tem que ler a lista de ingredientes para descobrir se não é feito com farinha branca e apenas um pouco de farelo adicionado. A falta de padrão dos pães integrais foi assunto de inúmeras reportagens nos últimos meses e há até um inquérito aberto pelo Ministério Público após denúncias de consumidores. Por essas e outras, o melhor é fazer o próprio pão! Você garante o tipo e a qualidade dos ingredientes que estão sendo usados. Mas, se fazer pães não está na sua agenda, não é difícil encontrar opções de pães artesanais no mercado.

4- Livre-se de uma vez por todas dos temperos prontos!

Glutamato monossódico, inosinato dissódico, corante, aromatizantes, antiumectante, amido e gordura vegetal, além do sal, são alguns dos ingredientes presentes nesses temperos e caldos prontos, que tem por objetivo salgar e “dar sabor” aos seus alimentos. Pense bem: sal, cebola, alecrim, cheiro-verde , alho e outras ervas naturais tem a mesma função – e não tem o sabor artificial dos temperos prontos! O sabor das especiarias naturais é dado por minerais e substâncias antioxidantes com ações antibacterianas, anti-inflamatórias, antifúngicas e até anticâncer. Comer o equivalente a apenas uma cebola por semana, segundo uma pesquisa italiana, diminui em 14% a probabilidade de desenvolver qualquer tipo de câncer. Já o alho reduz a pressão e o colesterol. A salsinha é rica em vitamina C e protege contra a formação de trombos. Isso só para falar dos temperos mais comuns! No caso de ervas e especiarias, funciona a máxima do “quanto mais melhor”! E se você gosta de usar caldinho de frango ou de legumes, pode preparar em casa e deixar estocado no freezer, em forminhas de gelo, ou em saquinhos individuais.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Consumo precoce de glúten por bebês pode aumentar a probabilidade de problemas de constipação





Os resultados de um estudo publicado no início deste mês (Março/2010) por pesquisadores holandeses no American Journal of Gastroenterology, uma das revistas científicas mais conceituadas na área de gastroenterologia, sugerem que a introdução de gluten na dieta de bebês com 6 meses ou menos de idade aumenta significativamente o risco de prisão de ventre (ou ‘constipação funcional’) na criança, pelo menos até os dois anos de idade.

O glúten é uma proteína presente no trigo, cevada e centeio, e assim onipresente na dieta ocidental. Além disso, para os portadores da doença celíaca (uma condição caracterizada por uma intolerância permante ao glúten em pessoas geneticamente predipostas) a ingestão de glúten é responsável pela inflamação crônica e danificação da mucosa intestinal em função da reação auto-imune que ele desencadeia, levando à má-absorção de nutrientes e outros problemas derivados como por exemplo a osteoporose, anemia e fadiga.

Neste novo estudo, o objetivo dos pesquisadores holandeses era determinar se o glúten poderia de alguma forma também estar relacionado à constipação em bebês e crianças, uma das causas frequentes de visitas aos pediatras, principalmente na época em que se inicia a introdução de alimentos sólidos na dieta do bebê, bem como quando ocorre a transição do leite materno ou fórmula para o leite de vaca.

Para responder à esta pergunta, os pesquisadores analisaram os dados de mais de 4600 crianças. Os pais destas crianças completaram um questionário - envolvendo várias questões sobre a saúde da criança, amamentação, introdução de alimentos sólidos, medicamentos, presença de alergia à leite de vaca, dentre outras informações – em dois momentos do desenvolvimento de seus filhos: quando os bebês estavam com 6 meses e quando tinham 24 meses. A presença de constipação foi analisada como correspondendo à uma frequência de evacuação de menos de 3 vezes por semana e/ou presença de fezes endurecidas durante duas semanas ou mais.

Aos dois anos de idade, 12% das crianças, ou seja, aproximadamente 1 criança em cada 8, já tinham apresentado sintomas característicos de constipação. Após analisar características familiares e das dietas das crianças, o Dr. Kiefte-de Jong e seus colaboradores verificaram que a introdução do glúten na dieta precocemente foi o fator desencadeador da constipação em diversos casos: dentre as crianças que consumiram glúten precocemente (com 6 meses de idade ou menos), a probabilidade de terem sofrido episódios longos de constipação intestinal foi significativamente maior do que dentre aquelas que não consumiram glúten até os 6 meses de idade. Os resultados também não se alteraram quando os pesquisadores controlaram, na análise, os efeitos de fatores como o sexo da criança, peso no nascimento, tempo de gestação, nível de instrução da mãe, tabagismo pela mãe e origem étnica da criança.

Ainda assim, os autores do estudo ressaltam que é preciso considerar que a pesquisa não é isenta de problemas, dentre os quais a utilização de questionários respondidos pelos próprios pais sobre a presença de alergias alimentares (ao invés do diagnóstico independente), e a falta de informação sobre características do estilo de vida das famílias. Neste sentido, ainda são necessárias pesquisas adicionais antes de que se possa recomendar rotineiramente o adiamento da introdução do glúten na dieta dos bebês.

NOVIDADE

Olá Pessoal,

Dando uma olhada no blog de um conhecido meu o blog Mesa pra 1, vi uma notícia muito legal: o blog dele vai virar livro! Putz achei o máximo!!!
Bom lendo mais um pouco vi que eu poderia participar do livro! (QUE MÁXIMO!!!)
Mandei um email e logo ele me respondeu dizendo que era para eu escolher uma receita entre 3 opções.
As opções:
- Steak Tartar
- Panini de tartar de salmão no pão ciabata
- Bruscheta Italiana  
Eu acabei decidindo fazer 2:
- Panini de tartar de salmão no pão ciabata
- Bruscheta Italiana  
Quem degustou foi meu pai e meu namorado... ai ai ai... coitadinhos!!! Mas ficou bom! ;) 
Segue as receitas e as fotos! ADOREI
Bruscheta Italiana 

Ingredientes:
- 3 fatias de pão italiano
- 2 tomates
- 3 dentes de alho
- azeite
- sal
- pimenta
- manjericão
- queijo (opcional)
- molho de tomate (opcional)

Coloque 3 colheres de sopa de azeite em uma frigideira e refogue os alhos já picadinhos, os tomates sem casca e sem semente (pessoal, eu uso com a casca e com sementes) também já picadinhos e já previamente temperados com sal e pimenta, conforme o gosto do freguês. Esse processo é rápido: 5 minutos.

Paralelamente, corte fatias de pão, da espessura de 1 dedo e novamente ao meio, demi na diagonal. Regue com “um fio” de azeite virgem. Leve ao forno pelos mesmos 5 minutos, em temperatura média pra dar aquela torradinha.

Retire a assadeira com as fatias de pão do forno e cubra cada uma das fatias com o tomate refogado. Salpique com o manjericão picado e demais ingredientes opcionais para diversificar.


Panini de tartar de salmão no pão de miga
Ingredientes:
1 pão de miga cortado ao meio (pode substituir por pão de forma sem casca, no entanto não terá a mesma leveza e o sabor é um pouco diferente) - no caso eu usei o pão multigrão.
Broto de alface lisa, rasgado com as mãos
180g de salmão fresco picado
1/2 colher (chá) de dill picado (infelizmente não achei, é um tempero!)
1/2 colher (chá) de manjericão picado
1/2 colher (chá) de ciboulette picado (é a mesma coisa q cebolinha)
1/2 colher (chá) de tomilho picado
Sal e pimenta a gosto
Molho para salada (*)

*Molho para salada:
1/2 litro de azeite extra virgem
2 colheres (sopa) de vinagre
1 colher (sopa) de suco de limão
Sal e pimenta a gosto
Junte os ingredientes no liqüidificador e bata por 10 segundos.

Modo de preparo

Misture o salmão com os temperos: dill, manjericão, ciboulette, tomilho, sal e pimenta a gosto. Reserve e deixe marinar por aproximadamente 15 minutos.

Montagem
Corte o pão de miga ao meio e leve ao forno para aquecê-lo e dourá-lo. Retire e espalhe em uma das metades o salmão picado, já temperado. Acrescente os brotos de alface e, por último, o molho da salada. Tampe com a outra metade e sirva com a parte recheada com o salmão para cima.


Leia o rótulo se quer perder peso

Olá Pessoal, Vi essa matéria na Revista Saúde e achei bem interessante!

Esse hábito, tão banal, faz a diferença quando o assunto é se livrar dos quilos extras. É o que sugere um levantamento finalizado por uma equipe da Universidade do Estado de Washington, nos Estados Unidos. O estudo analisou 12 mil americanos nascidos entre 1957 e 1964 — 25% praticavam atividade física e 50% tinham o hábito de ler rótulos. Entre os que passavam os olhos pelas embalagens, o emagrecimento foi maior do que naqueles que apenas se exercitavam, sem dar atenção às informações sobre os alimentos. Se quer diminuir alguns quilos, saiba o que deve ser levado em conta:

O QUE SÃO

VALORES DIÁRIOS
São as quantidades de nutrientes que precisamos consumir para ter uma alimentação saudável. Cada nutriente tem um valor diário diferente.

PORÇÃO
É a quantidade média do alimento que deveria ser ingerida em cada ocasião de consumo. Ela é indicada com base em uma dieta de 2 mil calorias. Se quer afinar a cintura, considere diminuir a porção.

CONSUMO RESTRITO

AÇÚCAR
Sua ingestão excessiva engorda. Cuidado: muito alimento esconde essa substância em sua formulação.

GORDURA SATURADA E TRANS
O consumo exagerado desses ácidos graxos está relacionado a males cardiovasculares, uma vez que eleva os teores de LDL, o colesterol ruim. E, claro, são bem calóricos. Quanto menos, melhor.

SÓDIO
Em grande quantidade, esse mineral altera a pressão arterial e retém líquidos, provocando inchaços. E, com isso, aumento de peso.

CONSUMO LIBERADO

GORDURAS MONO E POLI-INSATURADAS
Ao contrário das saturadas e trans, ajudam a baixar os níveis de LDL, protegendo o coração. Mas são calóricas. Liberadas, sim — mas com moderação.

FIBRAS
Por retardarem o processo digestivo, prolongam a sensação de saciedade. Quanto mais, melhor, se pretende emagrecer.

VITAMINAS E MINERAIS
Zero caloria, são ótimos porque turbinam a memória, permitem que as defesas do corpo atuem com eficiência e afastam os radicais livres.

 

sábado, 20 de novembro de 2010

IDADE INTERIOR

Bom dia pessoal,
Olha que joia esse teste da UNIMED.
É para ver como anda nossa idade interior!
FAÇAM:
PS: eu fiz e deu 11 anos mais nova!!! EBAAAAAAA
E você???? Quando deu?? COMENTE!

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

CÂIMBRAS....

Pessoal, vi essa materia no blog de outra nutri e resolvi colocar aqui para vocês!
A câimbra é uma contração súbita, de curta duração e, geralmente dolorosa de um músculo ou de um grupo muscular. Ocorrem com mais freqüência durante ou após atividades físicas intensas, mas também são comuns durante o repouso, como por exemplo, durante o sono. O desaparecimento da mesma, na grande maioria das vezes, ocorre subitamente.
São várias as causas das câimbras, dentre elas podemos citar:

- produção de metabólitos tóxicos durante o exercício intenso (como amônia e ácido lático)
- fatores ambientais como temperaturas extremas do ambiente (muito quente ou muito fio)
- desidratação
- deficiência de sódio
- deficiência de potássio
- deficiência de cálcio
- deficiência de magnésio

Prevenção:
Através da alimentação você também pode prevenir o aparecimento das câimbras. Aqui vão algumas dicas:
- Beber pelo menos 1,5 litros de água por dia irá levar a um fornecimento de água suficiente. Lembre-se que quando você sentir sede já é um sinal de que seu corpo está desidratado. O consumo de água deve ser constante e ao longo do dia!
- Uma dieta equilibrada rica em frutas, verduras, legumes, cereais integrais, carnes magras e leguminosas irá fornecer a quantidade de potássio, cálcio, sódio e magnésio suficientes para evitar as câimbras. Segue abaixo alguns alimentos fontes desses minerais.

Potássio:- Pistache 1 xícara - 64g - 700mg de potássio
- Folhas de beterrabas cozidas - 1/2 xícara - 72g - 54mg de potássio
- Ameixa seca - 10 unidades - 85g - 633mg de potássio
- Abacate - 1/2 unidade - 100g -602mg de potássio
- Iogurte baixo teor de gordura -1 xícara - 245g - 573mg
- Amêndoa - 1/2 xícara - 78g -536mg
- Batata assada com casca -1 unidade - 122g - 510mg de potássio
- Banana - 1 unidade - 118g -467mg de potássio
- Acelga cozida - 1/2 xícara - 88g -480mg de potássio

Cálcio:
- Iogurte com baixo teor de gordura -245g -488mg de cálcio
- Amêndoas -78g - 183mg de cálcio
- Espinafre cozido -95g -153mg de cálcio
- Tofu - 124g - 138mg de cálcio
- Avelãs -68g -127mg de cálcio
- Castanha do Brasil -70g -123mg de cálcio
- Feijão de soja cozido -86g - 119mg de cálcio
- Couve cozida -90g - 100mg de cálcio
- Sardinha -100g -84mg de cálcio

Magnésio:
- Semente de abóbora -57g -303mg de magnésio
- Amêndoas -78g -238mg de magnésio
- Avelã -68g - 192mg de magnésio
- Caju - 65g - 157mg de magnésio
- Tofu - 124g - 128mg de magnésio
- Acelga cozida - 88g - 75mg de magnésio
- Arroz integral cozido - 98g - 39mg de magnésio

Com relação ao sódio, geralmente já obtemos uma quantidade adequada na alimentação, pois o sódio está presente em todos os alimentos e geralmente colocamos o sal de cozinha quando cozinhamos.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Testes genéticos detectam doenças ligadas a alimentos


Chegam ao Brasil os primeiros testes genéticos ligados ao campo emergente da nutrigenômica, que estuda como os alimentos interagem com certos genes.
Os exames detectam a predisposição a três problemas: obesidade, intolerância a lactose e doença celíaca.
A intolerância a lactose é causada pela ausência da enzima que quebra o açúcar do leite. Já a doença celíaca é a intolerância ao glúten.
No caso da obesidade, o teste pode indicar como a pessoa vai responder a dietas, segundo Claudia Moreira, diretora científica da Eocyte, uma das empresas responsáveis pelos testes.
"É uma ferramenta que vai permitir ao médico adaptar o tratamento de acordo com o perfil do paciente", diz.
Em relação a diagnósticos clínicos, o teste é mais preciso. Mas seu uso divide médicos. O presidente da Sociedade de Gastroenterologia do Rio de Janeiro, José Augusto Messias, afirma não acreditar que traga benefícios, porque o surgimento das doenças é determinado por outros fatores, não só pela genética.
Já na avaliação de Luiz Vicente Rizzo, diretor do Instituto de Pesquisa do Hospital Albert Einstein, o teste vale, mas só para a doença celíaca. "Nesse caso, o diagnóstico precoce é fundamental, permite preparos específicos."

9 Produtos que contém ingredientes vindos de animais (e você nem sabia)

Veganos, abram os olhos! Para não consumir nenhum produto de origem animal, é preciso se preocupar com muito mais do que as letrinhas miúdas das embalagens de comida.
Artigos simples, como sacolinhas de plástico e pneus de bicicleta são feitos com algum produto de origem animal. Segundo a OFAC (Conselho de Pecuária de Ontário, no Canadá), dos animais presentes na alimentação humana, 45% é utilizado para fabricar artigos não-comestíveis.
Confira essa lista e aumente sua paranóia.
Sacolas Plásticas
Muitos tipos de plástico, inclusive as sacolinhas de supermercado, contém um ingrediente que diminui o efeito estático que o material pode causar: gordura animal. Mais um motivo para usar uma ecobag.
Pneus de carro e de bicicleta
Para se certificar que seu meio de transporte é livre de produtos animais, cheque se o fabricante utiliza a versão vegetal do ácido esteárico, usado para conservar a forma do pneu sob atrito intenso. Segundo lista do fórum de Malhação Vegana (em inglês), a Michelin é animal-free.
Cola de madeira usada em instrumentos musicais
Aparentemente, a cola feita com ossos e tecido conjuntivo cozidos é o melhor adesivo para fixar violinos, pianos e outros instrumentos musicais feitos de madeira. Além disso, ela também é usada pelos carpinteiros para colar mesas, portas, armários… Existe uma cola sintética, mas, para saber qual foi utilizada, só perguntando ao fabricante.
Biocombustível
Tá pensando que só existe álcool de cana de açúcar e biodiesel de óleo de mamona? Ele também pode ser feito com gordura de carne de boi e de frango. Bizarro.
Fogos de artifício
Além de fazerem mal para o meio ambiente (a fumaça polui o ar e carrega metais tóxicos, que contaminam o solo e a água), eles também têm ácido esteárico em sua fórmula – e não dá pra saber se eles são de origem animal ou vegetal…
Amaciante de roupas
Ele contém dihydrogenated tallow dimethyl ammonium chloride em sua fórmula. Esse derivado da amônia vem das ovelhas, cavalos e vacas. Melhor ficar com as roupas menos macias, caro vegano.
Shampoo e condicionador
Sim, eles contém mais de 20 ingredientes vindos de animais! “Pantenol”, “aminoácidos” e “vitamina B”, por exemplo, podem ter origem animal ou vegetal. A melhor forma de saber com certeza é procurando marcas veganas. O site Guia Vegano recomenda a marca Surya, que tem certificação e tudo.
Pasta de dentes
A glicerina, também presente no shampoo e condicionador, pode ter origem animal e vegetal. Tente marcas veganas, como a Contente, Condor, Welleda e Natura.
Açúcar branco e mascavo
Por essa você não esperava! Algumas marcas utilizam cinzas purificadas feitas com ossos no refinamento do açúcar. Há como fazer o mesmo processo com carbono granulado ou um sistema de troca de íons. Opte por açúcar cristal orgânico, se ficar na dúvida.
Vi no site da Superinteressante

Bisfenol A vai ser banido de embalagens de produtos alimentícios


O debate sobre o bisfenol A (BPA), uma substância presente em plásticos e embalagens que é nociva para nossa saúde, esquentou no mundo. Três grandes empresas alimentícias - a Nestlé, a Heinz e General Mills - anunciaram recentemente que vão banir o bisfenol A de suas embalagens.
No Brasil, por enquanto, apenas a Nestlé divulgou que pretende eliminar a substância em até três anos. Apesar de todas estarem de acordo com as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que determina que o limite de 0,6 miligrama de BPA por quilo de embalagem, as companhias assumiram esse compromisso em razão das manifestações contrárias ao uso do bisfenol - ele já foi banido em países como França e Dinamarca -, e das recentes pesquisas que mostram que ele pode causar sérios problemas de saúde.
Embora a Anvisa e o FDA (Food and Drug Administration) afirmem que os níveis encontrados nas embalagens (0,6 mg/kg) seja segura, a preocupação se justifica.
Os fabricantes, em sua defesa, dizem que o componente é completamente eliminado pela urina, sem alcançar a corrente sanguínea. Do outro lado, porém, estão os pesquisadores que estudam o impacto dessas substâncias na vida das pessoas. Para eles, não existe nível seguro.
Um estudo publicado por pesquisadores japoneses, por exemplo, mostra que o bisfenol A passa da placenta da gestante para o feto. A pesquisa mostrou ainda que o fígado do bebê não é capaz de processar essa substância. O estudo foi realizado com roedores. Segundo os cientistas, o sangue materno e os vasos do feto, nos animais, são separados por duas camadas. No caso do ser humano existe apenas uma, o que levou a equipe a acreditar que isso pode ser ainda mais perigoso. 
Várias pesquisas mostram ainda que ele poderia provocar câncer, influenciar na má formação dos órgãos masculinos do feto e ser um dos responsáveis pela puberdade precoce em meninas (o componente imitaria o hormônio feminino estrogênio), e até causar hiperatividade. As pesquisas indicam que o risco seria maior em crianças, porque elas são mais frágeis a esses malefícios. O perigo mais comum é o uso de mamadeiras com a substância.
Não é pelo contato direto com a nossa pele que a substância entra no organismo. Ela é liberada quando o alimento está armazenado em um recipiente feito com bisfenol A. Quando o plástico é aquecido – como no microondas – a liberação é ainda maior.
O último estudo publicado, da Faculdade de Saúde Pública de Harvard (EUA), analisou por uma semana o nível de bisfenol A na urina de 77 participantes que tomaram líquidos em garrafas plásticas. O aumento da concentração dessa substância chegou a 69%, considerado um nível alto.

Bisfenol no mundo
No Brasil, a discussão passa despercebida pela maioria da população. O Ministério Público Federal instaurou um inquérito para apurar os riscos da substância este ano, mas ainda não houve nenhuma mudança na legislação. Já nos Estados Unidos, há mais informação. A procura dos consumidores por mamadeiras com plásticos feitos sem bisfenol A é grande. Por isso lojas infantis adotaram a venda de produtos livres da substância como estratégia de marketing. Esse é o caso da Baby “R” Us que anunciou que só comercializa produtos BPA-free. Nem todas as lojas, no entanto, seguem essa tendência: as britânicas Mothercare e Boots, por exemplo, continuam vendendo produtos com bisfenol A em suas lojas presentes em vários países.
O bisfenol A foi banido no Canadá, na França, na Dinamarca, na Costa Rica e em alguns estados dos Estados Unidos, como Vermont e Minnesota. Na França, o governo estuda a possibilidade de obrigar as empresas a informar se a substância está presente em recipientes de alimentos.
O que você deve fazer
Não pense no quanto você já esquentou a mamadeira, por exemplo, foque no futuro. Substitua o plástico por opções sem bisfenol A (a informação vem na embalagem) ou pelo vidro. Sim, são mais caros, mas valem a pena. Se você não conseguir encontrá-los, já que no Brasil a oferta ainda é modesta, compre plásticos de números 3 ou 5 (a informação vem no fundo da embalagem), que tem menos bisfenol A. Esterilize do jeito você fazia. Depois que a mamadeira esfriar, lave-a em água corrente e seque. Esquente o alimento em outro recipiente e só depois coloque no plástico pois, assim, a transferência de bisfenol A é menor. “Quanto melhor a qualidade do plástico, menor a transferência. Mas mesmo assim não estamos imunes”, diz o médico Paulo Saldiva, chefe do Laboratório de Poluição da USP-SP e um dos maiores especialistas em substâncias nocivas à nossa saúde.
 
Já encontro mamadeiras sem bisfenol A?
Sim, já existem mamadeiras sem bisfenol A, mas dificilmente são encontradas. Grandes empresas do ramo prometem que dentro de 6 meses os pais vão achá-las com mais facilidade. Outra opção é a de vidro.

Quando aquecido, o plástico libera uma quantidade maior de bisfenol A. Devo esterilizar as mamadeiras menos vezes ao dia?
Não é necessário. Basta lavar a mamadeira em água corrente depois de fazer a esterilização.

Quanto tempo o alimento quente pode ficar dentro desse plástico?
No caso dos alimentos, é melhor colocá-los em recipientes de vidro ou então servi-los em pratos de porcelana ou os que não tenham bisfenol A. Se for líquido, não deixe o volume lá dentro por muito tempo - como na hora de preparar a mamadeira da noite com antecedência. Faça a mamadeira e sirva na hora.

E nos berçários: como garantir que eles não aqueçam o líquido dentro da mamadeira?
Infelizmente, não dá mesmo para contar com esse tipo de garantia. Se o bebê não rejeitar o alimento frio, é melhor pedir para servi-lo sem aquecer. Quanto menos calor, e quanto menos tempo o alimento permanecer na mamadeira, melhor.

O plástico do bico da chupeta também é prejudicial?
Não. Esse tipo de plástico é mais duro - e o que daria flexibilidade a ele é o bisfenol A.


Fontes: Anvisa; Fernando Goulart, pesquisador tecnologista em qualidade do Inmetro, no Rio de Janeiro (RJ); Silvana Rubano B. Turci, responsável pela área de vigilância do câncer relacionado ao trabalho e ao ambiente do Inca.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Presentes de Niver

Pessoal,
Ganhei 2 presentes que vale expor aqui.

Um foi do meu irmão Caio:
Livro: Pratos Rápidos e Saudáveis - 365 Pratos Deliciosos Para Todas as Ocasiões
Com sugestões fáceis e rápidas de preparar, o livro apresenta pratos com ingredientes naturais, frescos e nutritivos. Os capítulos são divididos entre as estações do ano e as receitas trazem ingredientes específicos de cada época para garantir o máximo de aproveitamento dos alimentos, além da economia na hora das compras. O leitor encontra opções de pratos para todas as preferências dietéticas, com alternativas para os vegetarianos, os veganos e os alérgicos a laticínios. Todas as receitas trazem uma tabela nutricional com a quantidade de calorias, colesterol, gorduras e vitaminas presente em cada porção. 

 

O outro foi do casal Paula e João Flávio
Livro: Entradas e acepipes (Parragon Books)
É uma edição portuguesa caprichada, com capa fofinha e fecho de fitas de cetim. Uma belezura. Dentro, as receitas parecem simples e são ilustradas com fotos de passo a passo para não restar dúvidas. Os capítulos são divididos em molhos e pastas, pastéis e tartes, pães e petiscos variados. Dá uma fome folhear! Sem contar que acho a palavra acecipes o máximo.


Bom, já que estou cheia de receitas novas, vou tentar colocar pelo menos 1 receita por semana no blog.
Vamos ver no que dá!
Bjos a todos!
PS: obrigada pelos presentes! Amei todos!